Quando a vida nos dá limões só nos resta fazer uma boa limonada.

{e, de limonada na mão,
deito-me na areia, fecho os olhos
e aproveito o sol}

domingo, 31 de outubro de 2010

{Isto anda um bocado aos caídos...}










Mas estou de volta e mais azeda que nunca!

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

{Pois...}

:





O marido ofereceu-me uma coisa destas... bela maneira de me chamar desequilibrada.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

{pronto... agora que portugal fez a figurinha deprimente de sempre no mundial...}

:
... e que o papa já se foi, podemos nos concentrar no que realmente interessa:

NA MERD@ EM QUE O PAÍS SE ENCONTRA E NOS PALHAÇOS QUE INSISTEM EM AFUNDAR O PAÍS AINDA MAIS?

é que seria fixinho, fazer isso. seria, seria... opá, não sei... porque talvez esteja na altura de portugal se juntar e fazer qualquer coisinha para tentar alterar o rumo deste país. assim como fizeram quando o benfica ganhou o não sei o quê, ou como quando o papa veio cá e\ou como se juntaram para soprarem na merdª das vuvuzelas e darem força a uma seleção paga a peso de ouro que pouco ou nada faz...

é que já há pessoas com fome... seria bom que o povo se juntasse... pá.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

{vaticano vs saramago... ou até onde a estupidez humana chega}

:
O Vaticano diz que o Saramago era assim uma espécie de extremista. Opá... eu acho que o dito senhor faleceu devido a uma leucemia crónica. Não se fez explodir no meio de uma mercado cheio de gente nem se meteu num avião e o fez colidir contra um prédio... foi mesmo uma doença. Acho. Posso estar errada. Não sei...

Oh, gentinha estúpida residente aí nesse palácio esplendoroso onde a luxúria reina: vão lá brincar aos padres, continuem a fingir que seguem os preceitos do cristianismo e vejam lá se param de dizer obscenidades que para obscenidades bastam as que saiem por debaixo das vossas saias, sim?

quinta-feira, 13 de maio de 2010

{milagre segundo bento xvi}

:
timming perfeito... para anunciar subida de impostos, novas tributações e cortes salariais.

sim, a visita de bento xvi tratou-se de um verdadeiro milagre... para sócrates.

amén

segunda-feira, 10 de maio de 2010

{fixinho, fixinho...}

:
...seria ter um emprego na loja do cidadão. Esta semana, a dita estará fechada a partir das 13h de terça e quinta-feira, todo o dia... ora... tenho ou não razão? Ahhh... função publica, função pública: um dia e meio de folga, por dá cá aquela palha; pontes a torto e a direito...

[ele há empregos muito bons, sim, senhor...]

eu sei que não sou católica (nem coisa nenhuma que eu cá não acredito na religião feita pelo ser humano) mas, quando arranjar um tacho emprego na função pública, espero que o papa nos venha visitar mais vezes...

só não entendo uma coisa: porque é que o papa tem direito a construções de altares de milhares de euros, a uma recepção de estado, a tanta a pompa [que até mete nojo]... e o dalai lama não teve sequer direito a um aperto de mão?

[ah... os chineses, tinha-me esquecido desses tipos... maus, os chineses, muito maus]

somos um país que se borra por tudo e por nada: um país de aurênticos cagões. portugal cagou-se todo perante os chineses (que não vão com a cara de dalai lama e, por isso, ninguém pode receber o dito); cagou-se todo perante os estados unidos (que o tipo queria a todo o custo brincar às guerras e portugal fez-lhe as vontades); cagou-se todo perante os ingleses (que arrasaram com a instituição da pj e portugal só faltou lamber o chão por onde andavam); cagou-se todo perante os espanhois (o país está na miséria e à beira da falência? que venha de lá o tjv, porque os espenhóis querem)...

[com tanta caganeira, só poderíamos mesmo estar a afundar-nos na nossa própria merdª]

domingo, 9 de maio de 2010

{os tugas são uns CAMPEÕES!!!}

:
estão desempregados, com fome; estão a ser roubados mas deixam-se ser roubados; não têm educação [não sabem ler nem escrever... e cálculos? burros que não sabem, sequer, somar] e, por isso, sem futuro. estão endividados até ao obsceno e à beira da falência...

MAS SÃO OS CAMPEÕES!!!!

[na ignorância, na estupidez gratuita, pobreza de espírito, na vergonha nacional, na corrupção, na violência, na criminalidade, na roubalheira]

VIVA OS TUGAS CAMPEÕES!!!

{do fim do campeonato e merdªs afins }

:
naturalmente, eu odeio tudo que é assunto de futebol: clubes, jogadores, sads e, principalmente, adeptos... mas, hoje... está se me cá a fazer uma espécie de espécie...

a merdª do país a afundar [é que estamos literalmente na merdª] e eles a berrar slb slb slb: fodªm-se lá com o slb!!!! acordem para a vida e lutem pela merdª do país, antes que ele afunde de vez!!!!

[e... por favor: PAREM COM A MERDª DA BUZINA!!!!!!]


{twittering}

:
está um cªbr㺠de um tipo com uma merdª de uma buzina daquelas de furar os tímpanos,
sentado no café, mesmo ao lado da minha casa.

[aiii, como eu odeio este tipozinho de povinho estúpido]

sexta-feira, 30 de abril de 2010

{crianças violadas pelos pais durante anos - perante o consentimento dos vizinhos, comissão de protecção de menores e m* afins}

:
Praça da Alegria, rtp1

Jornalista fala com vizinha "porta com porta". A senhora relata o que sabe, o que diz que ouviu...

"ouvia o pai a bater"

"chamavam-lhes muitos nomes e batias-lhes"

"ouvia-se a porrada no corpo, tanto aos filhos como à esposa, que ali não podia fazer nada"

"o filho mais velho berrava que se matava [...] até às tantas da noite"

"eram uns bichos porque não podiam falar ninguém"

Quando ouvia esses quase gritos de socorro, nunca fez nada, nunca ligou para ninguém?

"nunca liguei para ninguém porque diziam-me assim, já um ditado muito antigo que entre homem e mulher ninguém meta a colher"

"e eu não estava para me incomodar porque ele era muito mal criado.

"ali não valia a pena"

...e muito mais m* desta continuou a ser comentada pelas senhoras vizinhas.

Nem sei o que dizer perante tamanha barbaridade. Aquelas vizinhas moravam ao lado das vítimas. ouviam as crianças gritar até tarde da noite... durante anos. Como, pergunto eu: como conseguiam estas mulheres, mães, avós... como conseguiam estas mulheres deitar a cabeça na almofada e dormir?

MAS ESTÁ TUDO ESTÚPIDO?

{do subsídio de férias}

:


uhmmmmm.....

Subsídio de deslocação para deputados ultrapassará os 10 000 euros por semana: aqui..., com lei aprovada pelos próprios, aqui e mais do mesmo, aqui.

[o artigo 16.º do Estatuto dos Deputados estabelece: 1 - No exercício das suas funções ou por causa delas, os Deputados têm direito a subsídios de transporte e ajudas de custo correspondentes. 1 594 880 euros prevê o Orçamento de 2010 da AR para gastos em viagens. Há ainda 70 400 para abonos e 768 520 em estadias. 0,40 € por quilómetro paga a Assembleia para deslocações, por dia de presença, aos deputados residentes na Grande Lisboa]

Ex-parlamentares solicitam atribuição do subsídio de reintegração para regressarem à vida civil: aqui...

[ex-parlamentares solicitam atribuição do subsídio de reintegração para regressarem à vida civil. Despesa com pedidos vai rondar os 729 mil euros]

Sócrates acumulou subsídio de exclusividade como deputado com funções privadas (opá, foi entre 88 e 91, mas m* destas continuam a acontecer): aqui.

[o ex-deputado José Sócrates recebeu indevidamente um subsídio de exclusividade da Assembleia da República, entre finais de 1988 e princípios de 1992, por acumular as suas funções parlamentares com a actividade profissional de engenheiro técnico, enquanto projectista e como responsável pelo alvará de uma empresa de construção civil]

Governantes com subsídio para casa: aqui...

[1400 euros de subsídio de alojamento para viver em Lisboa]

Eurodeputados portugueses passam a ganhar o dobro: aqui

[o aumento vai para o dobro do que ganhavam até aqui. De 3815 euros passam para os 7665 brutos. Isto sem esquecer outros subsídios ]


domingo, 25 de abril de 2010

{da liberdade}



liberdade
(latim libertas, -atis)

s. f.

1. direito de proceder conforme nos pareça, contanto que esse direito não vá contra o direito de outrem.

2. condição do homem ou da nação que goza de liberdade.

3. conjunto das ideias liberais ou dos direitos garantidos ao cidadão.

4. fig. ousadia.

5. franqueza.

6. licença.

7. desassombro.

8. demasiada familiaridade.

in priberam


liberdade
(latim libertas, -atis)

1. fome

2. desemprego

3. criminalidade

4. impunidade

5. injustiças sociais

6... e o que chamar a isto?



liberdade
(latim libertas, -atis)

...que liberdade???

[podre]

quarta-feira, 21 de abril de 2010

{vamos fazer de conta}

:

...que sou loira...

[porque não sou]

alguém me explica como é que há quem continue a afirmar isto? é que o sr. cavaco silva insiste em defender isto ...

afinal, quem é que está a enfiar os dedos nos olhos do zé povinho?

obrigada

sexta-feira, 16 de abril de 2010

{da intolerância religiosa}





A intolerância religiosa pode-se comparar à intolerância alimentar. Ao comer, corre-se o risco de morrer sufocado.






A religião é a raiz de todos os grandes males que assolam este mundo. A religião manda, o povinho [cego e néscio] obedece. Com cada vez mais poder, os religiosos vivem à grande de mãos dadas com o crime e a impunidade. E nada... não se passa nada.

A religião católica berra os preceitos do Filho de Deus ao povinho [cego e néscio], exigindo-lhes humildade, caridade e outras virtudes. Seguindo, contudo, a máxima: faz o que eu digo, não faças o que eu faço. A riqueza e a ostentação existente em volta do Vaticano cega o povinho que se verga aos mandos e desmandos.

Mas nem só o catolicismo se esconde por de trás das suas vestes esplendorosas e opulentas. O judaísmo, por exemplo... as suas cerimónias cheias de preceitos, o seu dia-a-dia cheio de normas, regras porque a lei manda assim. Estes são espertos, os judaicos. Tiram o máximo de proveito do coitadinhos de nós que fomos perseguidos durante séculos, para reinar. Pode-se afirmar que aprenderam muito bem a lição [bem demais...]. O que aprenderam com os tais séculos de perseguição, põe-no em prática com os palestinos. E não se passa nada... deixai lá os pobrezinhos fazerem o que quiserem, porque já sofreram muito...

Quanto ao islamismo... bem... mais do mesmo. Povinho [cego e néscio] segue obediente aos gritos do pastor. Mesmo que a ordem seja matar. Porque sim.

E poderia estar aqui horas e horas nisto porque as religiões são como cogumelos no outono: brotam por todo o lado. E os fundadores são todos iguais: bem-falantes... e ricos.

O povinho, sempre o mesmo, também, cego e néscio. E sem vontade de aprender.

Porquê?

[who cares?]

{post que escrevi aqui mas que me apeteceu trazer para aqui, porque a religião começa a dar-me nos nervos}

quarta-feira, 14 de abril de 2010

{das cenas que me fazem espécie... II}

:
O número dois do Vaticano relacionou a pedofilia com a homossexualidade.

[...palavras para quê?]

segunda-feira, 12 de abril de 2010

{das cenas que me fazem espécie...}

:
Quando o casamento homossexual foi aprovado, os católicos desataram num verdadeiro e histérico sururu por causa da visita do Papa, a este pequeno [muito pequeno... pequeníssimo] país que é Portugal.

Agora... pedofilia? Shiuuuuuu.......

[ah... não faz mal...]

quinta-feira, 8 de abril de 2010

{da diarreia mental}

:
Advogados com esta patologia deveriam ser banidos da ordem, proibidos de exercer ou então, abatidos.

Vamos lá ver: uma mulher foi violentamente atacada por quatro cães enormes que a morderam até morrer. Ficou provado que a vítima passou por um sofrimento atroz, durante os quarenta minutos que esteve viva, a ser mordida pelos cães.

O dono dos cães foi condenado a 1 ano e seis meses de prisão com pena suspensa [ainda gostaria que me explicassem que m* de pena é esta porque eu, sinceramente, não percebo para que serve], terá que pagar uma multa de não sei quanto e ainda tem que dar uma indemnização ao marido da vítima.

Ora... é aqui que entra o doente que só pode ter o cérebro carregado de m* líquida: o advogado de defesa considera a pena demasiado pesada e vai recorrer da decisão porque, e cito:

"primeiro é necessário ver se, de facto, os cães mataram"[...] "não estou convencido"[...] "não estou convencido"

Uma mulher morreu de uma forma indescritível. Quatro cães foram abatidos. O dono foi absolvido, porque não me venham cá com m* de penas suspensas e multas. E um homem com diarreia mental está a ganhar dinheiro com isto tudo.

País[zinho] da treta.

[eu sou a primeira a defender os cães. acho que nestes casos, o dono é quem deveria ser abatido. porque não há cães potencialmente perigosos. há seres humanos potencialmente perigosos que ensinam os cães a matar]

{parece que a existência de bullying foi uma conclusão precipitada }

:
O ministério público arquiva inquérito contra agressores de Leandro e o inquérito da inspecção-geral da Educação isenta a escola de quaisquer responsabilidades.

Ao que parece, as crianças [zinhas nojentas] envolvidas, são menores; não ficou provado que Leandro fosse vítima de agressões; e [LINDO!!!] dizem que Leandro "não seria uma vítima passiva de agressões físicas e verbais, envolvendo-se também em desacatos".

Ou seja, neste país [zinho de m*], as crianças aprendem que podem fazer o que quiserem que não faz mal, porque são menores: espanquem, ofendam, façam a m* que quiserem! Não há qualquer problema! De pequenino é que se torce o pepino! [depois, quando chegarem a adultos... a m* também pode continuar a ser feita, a torto e a direito, que da maneira como isto está, não se passa nada..]

Ou seja, a polícia está enganada e Leandro nunca foi internado devido a agressões cometidas na escola.

Ou seja, para se ser considerada vítima de bullying, a criança não pode tentar defender-se. Deve limitar-se a ser saco de pancada.

Este país é lindo, eu amo Portugal. Cada vez tenho mais orgulho em ser Portuguesa. Adoro os Portugueses porque são lindos!

[são m* destas que me tiram a pouca esperança que ainda me resta, no amanhã... que nojo de gente, adultos, crianças... que nojo]

quarta-feira, 7 de abril de 2010

{samsung diva}

:
O meu trigésimo sétimo aniversário está a chegar e eu estou à espera de receber o meu presente.

[não... o samsung diva, não. por favor. não insultem o meu bom gosto... que coisa hedionda, credo]

Quero uma Bonsai.


Um limoeiro, claro.

sábado, 3 de abril de 2010

{post sem título... porque não há título para isto}

:
Hoje, no jornal da hora do almoço, um jornalista pedia a opinião a um grupo de católicos, sobre o que está a passar no Vaticano.

Uma senhora disse que achava "muito mau o que estavam a fazer às crianças, mas" [sim, há aqui um mas], "também se fazem muitos abortos por aí e ninguém fala disso".

Mas... o quê?!

Numa tentativa ridícula de desculpabilizar os santos padres, compara-se a pedofilia, a violação sexual de crianças, com o aborto...

[mas que pessoas são estas???]


Não. Não fiquei revoltada com estas palavras... fiquei triste. Porque continuam a existir pessoas que preferem esconder a cabeça na areia, a ter que admitir que os criadores dos dogmas em que acreditam, são autênticas farsas de carne e osso mascaradas de homens santos.

E, pior do que isso... há crianças a serem feridas de morte, todos os dias, a todas as horas por estes santos padres.

Sim, há pedofilia em todo o lado... mas, a mim, ensinaram-me que os padres são o que de mais parecido há, com aquele que nos veio tentar ajudar, há milénios atrás.

[Sei que aquilo que eu vou dizer é susceptível de ferir sensibilidades, mas... preferia ser morta no ventre a ser objecto de prazer (???) de monstros vestidos de branco...]

quinta-feira, 1 de abril de 2010

{do abismo}

:
António Mexia ( presidente da edp) recebeu 3,1 milhões de euros, no ano passado.

vs

260 mil recebem salário mínimo e 561.315 desempregados (só os que estão inscritos no iefp, fora os restantes)

[abismo? que abismo? não há abismo nenhum... o homem(zinho) só ganha o que ganha porque merece... pelo menos, é que dizem]

quarta-feira, 31 de março de 2010

{se ele não fez nada, se eu não fiz nada... quem terá feito a m*?]

:
Durão Barroso nega "qualquer intervenção" no caso dos submarinos

[eu cá também não fiz nada! Juro!!! opá! A sério!!! Pela minha saúde! Vocês acreditam em mim, não acreditam? É que eu não fiz mesmo nada de nada!]

terça-feira, 30 de março de 2010

{da justiça divina}

:
o bispo auxiliar de Lisboa diz que o escândalo da pedofilia na Igreja Católica "tem contornos de caça à bruxa"

[caça às bruxas... uhm... onde é que eu já ouvi esta expressão... uhm... ah, já sei: na "boca" da Santa Inquisição]

a minha mãe sempre disse que quem com ferros mata, com ferros morre

{note to self}

:
não voltar a alimentar as pombas

[há pouco, esmigalhei um bolinho de arroz e coloquei no parapeito da minha janela. a pomba veio e papou tudo. agora, a pomba não me sai do parapeito. a pomba está a espreitar-me por uma pequena frincha da cortina... estou a ver vítima de voyerismo. ela não sai dali e continua a espreitar-me. a pomba chamou por reforços. tenho o parapeito cheio de pombas, a olharem para mim. estão a assustar-me.]

alguém sabe como é que eu me posso livrar do bando de pombas que está no parapeito da minha janela?

segunda-feira, 29 de março de 2010

{do amor}

:
Ele conhece ela. Ela apaixona-se por ele. Ambos juram-se amor para a toda a vida.

[jackpot no euromilhões]

Ele quer o dinheiro. Ela quer o dinheiro. Ambos querem o dinheiro todo.

[???]

Ele separa-se dela. Ela não quer mais nada com ele. Eles separam-se.

[euromilhões a criar excêntricos todas as semanas]

...patéticos...

{da eco-lixeira... ou como as pessoas não conseguem fazer aquilo que o Gervásio consegue}

:



há o dia sem carros, há a hora da Terra, há o "vamos limpar Portugal"



[BS!!!*]

Estas tretas dos dias e das horas da terra, para mim, não passam de fantochadas, areia que uns deitam para os olhos dos outros para ver se os calam por uns tempos.

Vamos limpar Portugal! Yeh!!! É claro que as toneladas de m* que se acumulam à volta de todos os ecopontos deste país, não contam. Porque isso, já faz parte da beleza do país.

A minha cidade, por exemplo, transformou-se numa lixeira autorizada! E ninguém faz nada!!! Sem ser os desgraçados dos empregados da câmara que lá vêm, sempre que podem, limpar os que os porcos sujam.

Isto tudo é revoltante!

Ora... dizem que eu tenho mau feitio. Eu acho que não é mau feitio. É um sentimento de nojo por todos aqueles que se consideram muito senhores de si... e não passam de autênticos porcos.

Um dos piores eco-pontos que eu conheço, na minha freguesia, fica localizado numa zona de pessoas (zinhas) cheias da mania que são muuuuiiito importantes, de nariz no ar que sei lá. Mas, sai-se do prédio e damos de caras com aquele nojo. O verdadeiro retrato daquele tipo de gentalha asquerosa que se sente acima de tudo e de todos. Uns verdadeiros porcos de cara lavada.

Ora vamos lá ver se nos entendemos: se um macaco consegue... será que é assim tão complicado uma pessoa acertar com a porcaria do contentor??? É que a maioria dos ecopontos envolvidos na m* , estão a maioria das vezes, VAZIOS!!!

[os porcos que me perdoem, eu sei que são muito mais limpos que o ser humano, tal como os macacos são muito mais inteligentes...]



*BS = bullshit, para quem não sabe

domingo, 28 de março de 2010

{twittering}

:
[mas o que aquela m* que está passar na sic???]

o guia tv da meo diz que isto se chama XXS

[mas estará tudo insano ou sou eu? será que perdi a m* do senso do humor?]

{twittering}

:
[o Presidente da República está a inaugurar uma exposição do museu da presidência, sobre o homem que foi e é, ele próprio, Cavaco Silva]
Estou com náuseas...

[e lá estava a carneirada: uns à volta do busto do seu pastor; outros a ouvi-lo contar como a sua máquina de filmar está ligada a África, porque percorreu boa parte de Moçambique e África do Sul e registou tudo em película... lindo, lindo, quase poético...]

Vou ali vomitar e já volto.

sábado, 27 de março de 2010

{do fim-de-semana}

:







Acabei de ler (num desses blogs cor-de-rosa da treta, em que caí, sem querer) que ser mulher é uma dádiva, é ser tudo, é a força matriz da humanidade, o fluxo sanguíneo nas artérias do planeta terra... blá, blá, blá... whiskas saquetas.








Eu digo que ser mulher - principalmente, ao fim-de-semana - é uma verdadeira treta.

Ser mulher, significou, para mim, acordar às oito da manhã para ir ao mercado e fazer as compras para a nova semana que se aproxima; limpar toda a casa, do chão ao tecto; tratar da roupa e organizar tudo para que nada falhe na semana seguinte... e, ainda me sobrou muita coisa para amanhã...

Quanto ao homem cá de casa: no escritório, todo o dia, claro. A "trabalhar", sentado em frente ao computador, navegando pela internet... uma autêntica canseira, o coitado.

[ser mulher... é #&%!!!]

{da campanha negra}

:
Desde José Sócrates, o número de vítimas, afectadas pela temível campanha negra, tem vindo a aumentar. A dita campanha é altamente contagiosa e propaga-se rapidamente. O mais recente foco de contaminação encontra-se em Itália, mais precisamente, no Vaticano.

O Vaticano está a ser acusado de encobrir mais um dos seus inúmeros e execráveis escândalos, porque considerou preferível deixar um pedófilo à solta, que a exposição da sua Santa (?!) Madre Igreja.

O jornal da Santa Sé reage às denúncias das vítimas de pedofilia e acusa a imprensa internacional de estar a lançar uma campanha, para atingir directamente a Igreja Católica e Bento XVI.

Com se pode ver, a campanha negra está a alastrar-se com uma tal agressividade que podemos estar perante o início de uma pandemia.

Mas, ao que parece, vacina já se encontra em processo de fabricação pela indústria farmacêutica‎, conhecida por não perder uma hipótese - por mais estúpida que seja - de fazer dinheiro à custa da ignorância do Ser Humano.

sexta-feira, 26 de março de 2010

{do pec}


pic @

quinta-feira, 25 de março de 2010

{da opinião pública}





Assistir a programas como o Opinião Pública {sic notícias} ou a Antena Aberta {rtpn} é como assistir ao BBC Vida Selvagem.




O Animal em estudo é o tuga, que se divide em três sub-espécies: o tuga azedo, o tuga carneiro e o tuga pastor.

Do tuga azedo, há pouco a dizer, é um animal inteligente que só come depois de saber, o que é aquilo que querem que ele coma.

Já o tuga carneiro - a espécie dominante - come de tudo. Até m*... ele come: basta que o pastor lhe diga que é para comer. Os tugas carneiros, sempre em rebanho, seguem o seu pastor, abnegadamente. Acreditam nele, fazem tudo o que ele diz... mesmo que a ordem seja andar sempre em frente, de encontro ao precipício.

E defendem-no. Com unhas e dentes. Eles gritam, ameaçam, insultam e até mostram os dentes a todos os que tentarem mostra-lhes que tudo aquilo em que acreditam, é uma farsa. Mesmo que sejam especialistas com dados, provas que comprovem que o pastor só está interessado no seu próprio bucho e... que eles - os carneiros - não passam de carne para canhão.

A vida dos tugas carneiros é assim. Vivem alegres, enquanto se dirigem [cegos] para o matadouro.

A terceira sub-espécie é o tuga guardador de rebanhos...

[desse... uhm... não preciso falar, pois não?]


pic @

{do logro em que a carneirada anda a cair}

:
Parece que existem carneiros, que acreditam no que andam para aí a vomitar na imprensa. Parece que os carneiros aplaudem a medida do governo para combater este alegado ócio dos desempregados, esses malandros, que preferem ficar em casa, sossegadinhos a receber o subsídio de desemprego, porque trabalhar, cansa.

[estes carneiros e, respectivos, pastores deviam ser afogados]


Aqui, a malandra, que apesar de não ter direito a apoio social, resolveu inscrever-se no Centro de Emprego. Aqui, a malandra conseguiu inscrever-se à quinta tentativa [porque nas quatro tentativas anteriores, o sistema informático não conseguia funcionar mais que uma a duas horas]. Aqui, a malandra ficou toda contente quando a técnica lhe apresentou duas ofertas de emprego. Aqui, a malandra descobriu que estas ofertas já tinham barbas [e, inclusive, teve que ouvir, por duas vezes: É do Centro de Emprego? Mas, nós avisámos para lá... nós já preenchemos essa vaga há imenso tempo!]

Pois... preenchidas há imenso tempo... mas, nos serviços sociais, não estão. E como estas ofertas, muitas outras.

Por isso, não me venham com m*... mais de 58 mil ofertas de trabalho dos centros de emprego ficaram por preencher no ano passado??? Mesmo?

Vá... senhores técnicos e governo (zinho de m*) não acham melhor rever as ofertas que estão MESMO por preencher???

Os malandros que não querem trabalhar porque preferem ficar com o rabo sentado todo o dia, a ver as Tardes da Júlia, alternando com as Tardes da Fátima, agradecem.

quarta-feira, 24 de março de 2010

{da ingratidão}

:
A sociedade de hoje respira ingratidão, transpira-a por todos os poros. A ingratidão faz parte do Ser Humano como se de uma segunda pele se tratasse.

Toma lá, dá cá. Moeda de troca:
A ajuda B; B engole A.


Estive a ouvir Fulano, que me contava como estava desiludido com Sicrano porque não sei quê... e eu, que estava numa onda zen [fenómeno raríssimo], deixei-o falar... mais de uma hora.

[espero que esta onda do zen não me volte a afectar, porque não há pachorra para engolir-sem-berrar-obscenidades com tanta treta como aquela que eu ouvi, sinceramente]

A ajudou B; B já não precisa de A; A tornou-se descartável.

Viva a sociedade de consumo!


{criónica}

:
As crianças são o que de melhor existe. Até aos oito, dez anos. A partir daí, defendo a criónica. E é para descongelar só lá para os vinte anos. Antes, não. Que não há pachorra para tanta estupidez gratuita.

E... não há mais estômago para tanta crueldade.

A Joana, a Beatriz, o Leandro: silenciados. Porque neste país de m* as vítimas ou fogem... ou morrem. Acontece com as vítimas de violência doméstica, acontece com as vítimas de bullying. Acontece...

[e, ainda há pessoas (inhas) que defendem com sangue, a Direcção do agrupamento, Docentes, Pessoal não docente, todos os Alunos e Encarregados de Educação, de uma escola que humilhou, perseguiu e condenou a Joana, uma criança que não conseguindo defender-se, fugiu e vive encarcerada em casa... opá, é só ir aqui e ver até onde a m* desce]

terça-feira, 23 de março de 2010

{da misantropia}

:
Por causa de uma tipinha de m*, que me implorou por ajuda, eu não mudei de curso. Agora, estou agarrada a um diploma e a uma profissão que abomino.

[e, como agradecimento por ter prescindido do meu futuro, esta tipinha de m* tentou lixar-me a vida, à primeira oportunidade - sem sucesso, claro, que a tipinha era burra de fazer dó... mas, dó mesmo... a coitada ]

Tendo eu Lua em Escorpião desde que nasci... porque não aprendi a ser cabra mais cedo?

Eu já fui tão estúpida, que me dá vómitos só de pensar nisso... e a culpa é dos meus pais que me incutiram valores igualmente estúpidos como a solidariedade, a compaixão, a amizade, and so one.

Deveriam era ter-me ensinado o significado de misantropia. Isso sim, teria sido uma mais valia para toda a minha vida.

{carta do utente dos serviços da administração fiscal}



:
1 - Os utentes têm o direito de serem atendidos com cortesia, respeito, rapidez, clareza, correcção, privacidade...

[não apanhei o resto do texto mas... posso garantir que esta espécie de piada de mau gosto continuava]




Será que quem escreveu isto nunca foi às finanças?

[ou isso, ou é estúpido...]

segunda-feira, 22 de março de 2010

{twittering}

:
Apanhei a minha mãe e o professor de ginástica no flirt.

[não sei se chore se ria...]


A modos que é isto... e olhem que não é pouca coisa.

{da constatação}

:
Sabemos que o nosso país [pequenino] vai continuar como está [pequenino], quando os auto-aclamados melhores serviços informativos, dedicam uma grande percentagem do seu tempo de antena, ao jogo Benfica-Porto...

[e os tugas adoram levar com horas seguidas de futebol porque, para os tugas, o que importa não é o facto de estarem a ser comidos à grande... o que importa é quem ganha a taça]

domingo, 21 de março de 2010

{post fútil típico daqueles blogzinhos cor-de-rosa}

:
Ao mudar a minha roupa de Inverno pela roupa de Verão, apercebi-me que mais de noventa por cento das minhas camisas de dormir são azuis...

[eu detesto azul]

sábado, 20 de março de 2010

{da doença de alzheimer}

:
Está-me para cá a parecer que a dita já chegou aos céus... a Primavera deixou de existir, tal como o Outono. O Inverno prolonga-se por uma grande parte do ano. O Verão [se é que lhe podemos chamar assim] caracteriza-se por ondas de calor [insuportáveis] alternadas por dias chochos acinzentados.

[sim, a doença de alzheimer chegou aos céus...]

E... que tal uma visitinha ao médico, não?

[é que não dá mais para aturar esta m* de tempo, porra!]

{tenho dias assim}



[dias cinzentos sem ti]






porque eu sei que és tu porque tu sabes que sou eu porque está escrito nas estrelas que somos nós


[mas não somos]


em que curva da vida nos perdemos um do outro?


[inquietantemente, procuro-te mas não te encontro]

perdida

[mas não por muito tempo... porque como tu dizes, tenha a lua em escorpião e pouco feitio para ficar muito tempo neste chora não chora]

dito isto... vê lá se desces à terra

pic @

sexta-feira, 19 de março de 2010

{do dia do pai}

:

O problema da família humana é que todos querem ser o pai

Mafaldinha by Quino


Deixo aqui a minha sincera homenagem a todos os pais por esse mundo fora. Excepto, ao meu pai.

[a esse, a minha homenagem é feita todos os dias... não preciso de um dia especial para o efeito]

{da perspicácia do ser humano - os tugas}

:
Escondem-se habilmente atrás do não presto declarações, não comento, esse assunto é tabu... para se esquivarem de dar explicações sobre a m* que: ou fizeram, ou estão para fazer ou, de alguma forma, foram responsáveis por.

O ser humano tuga acredita, piamente, que se não se mexer na m*, eventualmente, deixará de feder.

O caso mais incrível do deixa andar... vamos ficar todos muito quietinhos, pode ser que o vento ajude e deixe de feder rápido é, na minha óptica, o caso do menino de Mirandela.

O ser humano tuga responsável pela escola, demonstrou o elevado grau de evolução desta forma de dar a volta à questão sem ter que incomodar muito o nariz. Inerte, ficou. A m* [sim, aquela m* que levou uma criança a escolher o fim que escolheu, a ter que continuar a "levar" com a incúria dos adultos que o rodeavam] está a deixar de ser notícia com o passar dos dias, portanto, a deixar de feder.

[e os meninos, os pais dos meninos, os amigos dos meninos... esses, são os outros tugas, os menos evoluídos da espécie... esses, continuam a viver com a m* diariamanente... que não incomoda o nariz, mas faz doer - e muito - a alma]

{a pergunta que se impõe}


:


As comissões de inquérito servem para cobrar
horas extraordinárias?






[é que os deputados trabalham tanto e ganham tão pouco, os coitados...]


São comissões temporárias que se destinam a investigar questões em torno das quais o interesse público exige esclarecimento e informação com o objcetivo de se tomarem medidas legislativas em defesa da sociedade.


Ah... está bem.

pic @

quinta-feira, 18 de março de 2010

{twittering}

:
sei o que quero {silêncio} como quero {silencioso} quando quero {agora} e para que quero {preciso descansar}


[estou cansada... muito cansada]

{short message service}

:
Dói-me a p* da cabeça... posso pedir que parem de buzinar? Não vêem que se o trânsito está parado, se há uma agente da polícia municipal a parar o trânsito... é porque a porcaria do trânsito tem mesmo que estar parado??? Arre...

quarta-feira, 17 de março de 2010

{da estupidez humana}

:
“Camisas vermelhas” na Tailândia levam derrame de sangue a casa do primeiro-ministro.


E salvar vidas? Não? Olhem, que tanto sangue... opá, digo eu... não sei...

[estúpidos]

{da bimby}


:

Blogs, fóruns, sites... amigas, colegas, vizinhas... todos falam na famosa Bimby. Porque a Bimby trata de tudo: sopas, carnes, peixes, massas, arroz, recheios e coberturas, entradas e petiscos, acompanhamentos, bebidas e sumos, bolos e bolinhos, geleias, doces e compotas, tartes e tortas...






[uhm... e um empregozito... uhm... não?]

segunda-feira, 15 de março de 2010

{inocência insolente}

.
Esqueceram-se de decretar a lei da rolha... mas não podemos exigir demasiado porque são, apenas, doces e ingénuas crianças.

domingo, 14 de março de 2010

{isto não é propriamente uma limonada}

:

::limão siciliano::Erva-cidreira::Rum::Açúcar::Gelo::

Cortar o limão siciliano em fatias. Macerar erva-cidreira com o açúcar. Juntar as fatias de limão e continuar a macerar. Juntar o rum e macerar mais um pouco.

Juntar tudo num shaker com gelo e agitar bem. Coar a mistura para um copo com gelo e completar com rum.