Quando a vida nos dá limões só nos resta fazer uma boa limonada.

{e, de limonada na mão,
deito-me na areia, fecho os olhos
e aproveito o sol}

segunda-feira, 29 de março de 2010

{do amor}

:
Ele conhece ela. Ela apaixona-se por ele. Ambos juram-se amor para a toda a vida.

[jackpot no euromilhões]

Ele quer o dinheiro. Ela quer o dinheiro. Ambos querem o dinheiro todo.

[???]

Ele separa-se dela. Ela não quer mais nada com ele. Eles separam-se.

[euromilhões a criar excêntricos todas as semanas]

...patéticos...

6 comentários:

Leolpoldo disse...

Dêem-me o dinheiro a mim e não se fala mais no assunto , é preciso serem muito invejosos para não aceitarem 7.500 cada. Amor, pois.

Fê-Tinha disse...

Ainda bem que não se casaram! Puxa!!!
Bjs

Not a Lady disse...

e isto dura há anos, com a mãozinha dos pais da menina... e imaginar que a zanga começou porque quando registaram o boletim premeado ela deu menos dinheiro que ele, ou vice versa...

Luis Baptista disse...

Aqui está uma melhor aplicação do slogan.

AMC disse...

Oh pah, sim... ridículo o ponto a que a ganância pode chegar.

Lemon Girl disse...

Leopoldo, divida comigo, está bem?

Fê, é por estas e por outras que eu não me caso.

Not a Lady: acho que se os pais não tivessem metido o nariz esfomeado e ganancioso onde não era chamado... na volta, nada disto teria acontecido, penso eu de que...

Luís, é não é?!

AMC... que mais se pode dizer? Ridículo, patético... nojento.